10% DE DESCONTO COM CÓDIGO: VERAO-10
Sem produtos no carrinho.

O calçado para os primeiros passos deve ser duro ou flexível?

O calçado para os primeiros passos deve ser duro ou flexível?

Compreender a importância do calçado adequado para crianças que estão a começar a andar é fundamental e é com natural satisfação que vemos começarem a aparecer alguns estudos na área que já permitem chegar a conclusões bastante pertinentes.

Um desses estudos1, publicado em 2013 no Journal of American Podiatric Medical Association, analisa como as características estruturais do sapato afetam a distribuição da pressão plantar em crianças que estão a começar a andar. Mais concretamente, se existem maiores benefícios em calçado duro ou flexível durante os primeiros passos.

Os resultados foram bastante conclusivos, o calçado ultraflexível permite uma maior carga plantar (praticamente semelhante à de andar descalço) e este feedback mecânico melhora a cinestesia, um atributo fundamental para crianças que estão a começar a andar. Já o calçado mais rígido, com sistema de solas convencionais, proporciona menor carga plantar e pode alterar a maneira como a criança anda.

Dito de forma mais simples, o estudo mostrou que o calçado ultraflexível é o ideal para a criança reconhecer o seu próprio posicionamento e meio ambiente sem utilizar a visão, o que naturalmente ajudará a que os jovens exploradores aprendam a andar melhor e mais rapidamente.

Se é uma mãe ou pai preocupado, não deixe de escolher sapatos extremamente flexíveis, leves como uma pluma, com uma sola fina e sem declive, uma biqueira (toe box) larga, onde os dedos se podem mover livremente, sem contraforte ou qualquer outro reforço e com uma palmilha fina e sem elementos anatómicos. Pés saudáveis fazem crianças felizes.

1 – Hillstrom, Howard J et al. “Effect of shoe flexibility on plantar loading in children learning to walk.” Journal of the American Podiatric Medical Association vol. 103,4 (2013): 297-305. doi:10.7547/1030297

Ver outros artigos